Saúde


Stress: Um dos grandes vilões da sua saúde



Todos temos stress. Os nossos corpos estão preparados para sentir stress e reagir. Ele mantém-nos em alerta para evitar o perigo.

Mas nem sempre é possível evitar ou alterar as situações que nos podem causar o excesso de stress. Sentimo-nos presos e incapazes de alterar este sentimento. Quando o stress persiste, os seus efeitos criam desarmonia no corpo que enfraquece, perde resistências e pode adoecer.

As dificuldades de lidar com as pressões do dia-a-dia como aturar problemas financeiros, questões familiares, violência urbana, problemas no trânsito, mau relacionamento com colegas de trabalho ou chefes, possibilitam o aparecimento do stress.

Seguir uma dieta equilibrada, variada e saudável é a escolha de grande parte das pessoas que querem ter mais saúde e energia. Nada disso importa se você não conseguir lidar com o stress.

Um grupo de pesquisadores do Centro Médico do Estado do Ohio (nos Estados Unidos) afirma que o stress consegue arruinar todo e qualquer benefício de uma dieta saudável.

No site da FOX News, os norte-americanos concluíram que o stress ativa de forma tão intensa os marcadores inflamatórios do organismo que, mesmo numa dieta saudável, os benefícios da boa alimentação desaparecem e criam o risco da pessoa saudável ter problemas de saúde que não deveriam ter, como os cardíacos, diabetes e tantos outros.

Os pesquisadores utilizaram 38 mulheres sobreviventes de câncer de mama e 20 mulheres saudáveis que foram convidadas a fazer uma dieta saudável e não saudável e a revelarem se estavam sob stress ou não. Depois publicaram na Molecular Psychiatry o resultado do estudo. Os níveis de pressão arterial foram também analisados, bem como os marcadores inflamatórios, através de análises sanguíneas.
Todos os dados da pesquisa foram cruzados e os pesquisadores concluíram que o stress anula os benefícios das escolhas dos alimentos saudáveis, gorduras saudáveis… Concluíram também que quanto maior o período de stress, maior o risco da dieta saudável ser anulada aumentando a possibilidade de doenças, o que torna ainda mais grave no caso da dieta não saudável, que com stress ou não sempre será um grande risco para a saúde.


Demi Moore revelou durante uma entrevista que perdeu os dois dentes devido ao stress

A atriz, de 54 anos, revelou ao The Tonight Show Starring Jimmy Fallon, que foi o estresse que a fez perder dois dentes. “Amaria dizer que perdi andando de skate ou fazendo algo lega. Mas foi o estresse me fez perder os dentes da frente. Acho importante falar isso porque o estresse é a segunda maior causa de morte na América.”


7 técnicas psicológicas para lidar com stress e ansiedade

 

1. Entenda o poder da sua respiração

Ansiedade e stress geram respiração ofegante. E retomar o controle da sua respiração pode, no caminho inverso, acalmar sua mente. Respire fundo algumas vezes quando sentir que está nervoso e isso enviará ao seu cérebro a mensagem que você está calmo – já que quem está calmo respira devagar.

2. Cultive um olhar diferente em relação aos seus problemas

Você pode olhar pra uma situação estressante – uma reunião com um cliente – como uma situação estressante ou como uma oportunidade de impressionar alguém importante no seu network. É tudo uma questão de ponto de vista. Deixe a pressão te ajudar a fazer um trabalho melhor, em vez de trazer à tona suas inseguranças.

3. Aceite o que você não pode mudar

Algumas coisas são o que são e lutar contra elas mentalmente, perguntando porque elas estão acontecendo com você, se culpando ou se martirizando só vão te deixar mais ansioso. Aceite que o problema é do jeito que é: deixe de pensar como poderia ter sido diferente caso as coisas… tivessem sido diferentes. Há coisas que você não pode controlar. Você não pode escolher o que seu chefe, seu marido ou sua sogra vão te falar, mas pode escolher como lidar com isso.

4. Ocupe a mente (mas não muito)

Mantenha-se ocupado o suficiente para não deixar o ciclo de pensamentos negativos seguir seu curso. Não adianta se estressar mais ainda, mas tente manter-se compenetrado em tarefas de alto nível de atenção e que não sejam muito chatas.

5. Exercite-se

Esse é outro clichê das nossas listas. É que se exercitar faz bem pra sua mente e pro seu corpo, e como não poderia deixar de ser, ajudar a diminuir os níveis de stress e ansiedade. Uma caminhada basta: depois de 21 minutos andando, você já sente alguns efeitos benéficos do exercício no seu organismo: mais calma, foco e disposição.

6. Durma bem

Publicamos um guia com dicas para dormir melhor. Dormir bem e suficiente pode ser a solução pra muitos problemas do seu dia a dia, e não é diferente com stress e ansiedade, que inclusive causam insônia. Então, minimizar distrações e luzes, fazer do seu quarto e da sua cama um santuário do sono e esvaziar a cabeça antes de dormir podem te ajudar.

7. Não seja vítima do perfeccionismo

Sucesso não é uma linha reta, embora pareça assim quando a gente olha pra quem é bem sucedido. Problemas acontecem na vida de todo mundo, as pessoas falham e precisam recomeçar e você não está imune a isso. Se cobrar por perfeição é absurdo porque não é justo com você – além disso, muita gente que é perfeccionista ao extremo só é cruel assim consigo mesmo, porque seria incapaz de cobrar tanto os amigos e os colegas de trabalho, por exemplo. Ou seja: porque você faz consigo o que não faria com os outros?

Não confunda perfeccionismo com um desejo por dar sempre o seu melhor . O perfeccionismo é uma cobrança cruel e irreal e leva à depressão, ansiedade, vícios e é paralisante – especialmente quando deixamos de fazer o que queremos por medo de que não seja perfeito.