Bem estar


O que é o ruído branco e veja como ele pode influenciar o seu sono



O barulho constante de um ventilador, do ar-condicionado, ou até o som de uma TV ou rádio quando não estão sintonizados. O ruído constante emitido por estes casos chama-se ruído branco, que é um sinal sonoro que contém todas as frequências na mesma potência.

Esse barulho faz com que o limiar auditivo atinja seu nível máximo, o que significa que, na presença desse tipo de som, os estímulos auditivos mais intensos possuem menos capacidade de ativar o córtex cerebral durante o sono.

“O ruído branco é, literalmente, uma parede de energia sonora que disfarça ou abafa outros sons do ambiente, como o barulho de carros, obras ou cachorros latindo. ” …. “E funciona muito bem para quem acorda com qualquer interrupção repentina de som”, conclui Seth Horowitz, neurocientista especializado em audição.

Como a audição é o único sentido que continua funcionando mesmo durante o sono, o ruído branco serve para bloquear sons cujas frequências variam de intensidade e podem estimular o córtex cerebral.

Mas será que há contraindicações?

“Não, a menos que o volume (do ruído branco) seja tão alto que possa afetar a audição”, afirma Nitun Verma, porta-voz da Academia Americana de Medicina do Sono (AASM, na sigla em Inglês).

O ser humano tem com um número limitado de células ciliadas – cerca de 10 mil -, responsáveis ​​por captar o som. São elas que detectam os sons de alta frequência e, com o envelhecimento, começam a falhar.

Mas o neurocientista Seth Horowitz adverte que, se o ruído branco for aplicado todas as noites por um período prolongado, pode afetar essas células.